PDT de Jardim faz ato de filiação e lança pré-candidato a prefeito

Publicado em: 26/09/2011 - 15:15

Em ato público que reuniu cerca de 200 pessoas e representantes de cinco partidos, o Diretório Municipal do PDT de Jardim filiou novas lideranças, empossou a direção da Executiva Provisória e lançou a pré-candidatura do médico Marcelo Melo a prefeito na eleição do próximo ano. O evento aconteceu às 17h do sábado (24), no salão social do Lions Club de Jardim.

O médico Marcelo Melo assumiu a Executiva Provisória do partido e articula sua candidatura a prefeito da cidade por uma ampla aliança. “Já estamos com conversações adiantadas com pelo menos outros três partidos: o PSDC, o PP e o PT, e podemos ganhar a adesão de mais siglas. Nossa intenção é construir um projeto comprometido com o desenvolvimento de Jardim, abrangente, representativo, que contemple todos os segmentos da sociedade”, disse Marcelo.

Estavam presentes o presidente do Diretório Regional, ex-deputado federal Dagoberto Nogueira; o deputado federal Vander Loubet (PT), o presidente do Diretório Municipal do PDT em Campo Grande, vereador Paulo Pedra; os presidente do PT em Jardim, Max Lopes; do PSDC, Odilon Vasques do Prado; do PP, Jorge Valenzuela; do PV, José Luiz Dentinho; presidente do PT de Guia Lopes da Laguna, José Antônio Pereira; vice-prefeito de Guia Lopes da Laguna, Nei Marçal; o chefe de Gabinete Antônio Carlos da Costa Marques e o assessor parlamentar Mário Nelson Argirin, representando o deputado estadual Felipe Orro (PDT).

Todas as lideranças discursaram enaltecendo o esforço pela construção de uma ampla aliança em torno do candidato do PDT à Prefeitura de Jardim. “O dr. Marcelo tem condições de agregar apoios e unir a cidade visando o bem comum”, disse Dagoberto. Já o deputado Vander Loubet disse confiar num entendimento com o PT de Jardim para se somar à aliança.

O pré-candidato Marcelo Melo agradeceu as presenças e a confiança que todos manifestaram no seu nome, deu as boas vindas aos novos filiados e disse estar preparado para representar os partidos aliados na disputa do ano que vem. Cerca de 15 lideranças assinaram ficha de filiação ao PDT durante o ato e devem se candidatar a vereador. (Com informações de Eder Pereira)

Comentários do Facebook