Felipe Orro cumprimenta cônsul e colônias pelos 200 anos do Paraguai

Publicado em: 17/05/2011 - 13:13

O deputado estadual Felipe Orro (PDT) apresentou Moção de Congratulação à cônsul do Paraguai em Campo Grande, Elisa Aguayo Rolon, e aos presidentes das Colônias Paraguaias de Campo Grande, Arnaldo Cafure e de Aquidauana, Edilson Fernandes Leite, pela passagem do 200º aniversário de independência do país vizinho. O deputado argumenta que o povo paraguaio exerce forte influência tanto na cultura quanto nos costumes de Mato Grosso do Sul. Como exemplo Felipe Orro citou os ritmos musicais, pratos como a sopa paraguaia e a chipa, e a paixão pelo tereré, que tem a mesma intensidade tanto de um quanto de outro lado da fronteira.

O Paraguai se tornou independente da Espanha em 1811, marcando o enfraquecimento do domínio espanhol no Continente. O território que hoje compreende o Paraguai pertencia ao vice-reino do Prata, junto com Argentina e  Uruguai.  Deste vice-reino, o Paraguai foi o primeiro país a conquistar sua independência, após levante iniciado dia 14 e que teve êxito no dia 15 de maio. Por isso, os dois dias são reservados a comemorar a libertação do vizinho país. A independência da Argentina aconteceu em 1816 (portanto cinco anos depois do Paraguai) e do Brasil, em 1822, ou seja, onze anos mais tarde.

A Moção de Congratulação terá a seguinte redação, conforme solicita o deputado Felipe Orro: “(…) em resgate e reconhecimento de bravura da nação irmã, cujos filhos e descendentes que temos o privilégio de desfrutar do convívio no Brasil, em especial no nosso Estado, brindam-nos e contribuem com o desenvolvimento sócioeconômico e político, sobretudo cultural, merecendo destacar a apreciação (…) incorporada a nossa cultura regional pela música, culinária e o tereré, e que honrosamente engrandecem a altiva missão de bem servir os propósitos republicanos do Brasil e do Paraguai”. 

Comentários do Facebook