Felipe Orro comemora vitória dos taxistas e cumprimenta ALMS e governador

Publicado em: 28/04/2011 - 12:12

Taxistas de todo Mato Grosso do Sul já podem transportar passageiros de uma cidade a outra sem o risco de ser multado ou até mesmo ter o carro apreendido, como vinha acontecendo há pouco mais de um ano. O governador André Puccinelli (PMDB) assinou, hoje, o decreto nº 13.165, que regulamenta a atividade. “Foi uma vitória dos taxistas, que têm garantido o direito de trabalhar. Isso é muito importante, a corrida intermunicipal é a que mais rende, ajuda no sustento da família”, comemorou Felipe Orro (PDT), da tribuna da Assembleia Legislativa.

O deputado acompanhou os taxistas na audiência com o governador, na Governadoria, para o ato de assinatura do decreto. E destacou a importância da união dos taxistas de vários municípios do Estado, que não hesitaram quando foram chamados à Assembleia, no dia 11 de abril, para a audiência pública que discutiu o problema. Duas semanas depois da audiência que reuniu mais de uma centena de taxistas a solução foi anunciada.

O governador André Puccinelli (PMDB), ao cumprimentar Felipe Orro pelo trabalho em prol dos taxistas, disse que havia assistido à audiência pública “pela TV Assembleia” e estava satisfeito por encontrar um meio de atender à categoria. O decreto faz algumas restrições: a corrida deve ser em caráter de urgência, não frequente, de ida e volta ou só ida (não pode levar um passageiro e trazer outro), sem interferir no serviço prestado pelos ônibus intermunicipais.

“Claro que é preciso haver uma regulamentação, até para segurança do próprio taxista. Mas acredito que o decreto veio ao encontro do que o taxista pedia. Por exemplo, trazer um turista de Bonito até o aeroporto, um doente que precisa vir à capital para um exame urgente, essas eventualidades que vez por outra pegam o cidadão desprevenido e ele precisa contar com os serviços do táxi. Agora é um serviço legal, não há mais o risco da multa”, pontuou o deputado.

“O decreto é um avanço para a categoria. Vamos comemorar”, resumiu o presidente do Sindicato dos Taxistas de Aquidauana e região, Ney Alviço.

O decreto passa a vigorar a partir desta quinta-feira (28/04). Logo após a cerimônia de assinatura, Felipe Orro retornou à Assembleia a tempo de comunicar, da tribuna, a conquista dos taxistas. “Quero agradecer o apoio do deputado Alcides Bernal, que foi parceiro nessa luta, da Mesa Diretora e de toda a Assembleia. É uma conquista desta Casa, o cidadão está mais perto do Poder Legislativo, procura o Poder Legislativo e é atendido”.

Na audiência com o governador estavam presentes, além de dezenas de taxistas de várias cidades, os prefeitos de Maracaju, Celso Vargas; de Rio Verde, William Brito; de Anastácio, Douglas Figueiredo; de Jardim, Carlos Grubert; e de Aquidauana, Fauzi Sulleiman. Também o presidente da Câmara de Vereadores de Aquidauana, Clésio Fialho, entre outros vereadores. 

Comentários do Facebook