Felipe Orro comemora contratação de projeto para pavimentar BR-419

Publicado em: 18/10/2011 - 14:14

Já foi licitada pelo governo do Estado a empresa que vai elaborar o projeto executivo da pavimentação da BR-419, rodovia que vai abrir uma nova rota entre as regiões Norte e Leste do Estado ao ligar as cidades de Rio Verde de Mato Grosso a Aquidauana. O deputado estadual Felipe Orro (PDT) comemorou a contratação do projeto, enfatizando a importância da obra para todas as cidades servidas pela rodovia.

“Essa obra será de suma importância para estabelecer uma alternativa de ligação entre o Norte e Leste e Sudoeste encurtando distâncias, além de servir uma vasta região do Alto Pantanal que não tem estrada asfaltada”, explicou Felipe Orro. Ele formalizou no dia 29 de junho pedido ao governo do Estado para priorizar a execução da obra.

Quando concluída, a rodovia vai encurtar em 150 quilômetros a distância por via asfaltada entre as cidades de Sonora, Coxim, Rio Verde, na região Norte, a Aquidauana, Anastácio, Miranda, Jardim, Bonito, Bela Vista e Porto Murtinho, nas regiões Leste e Sudoeste do Estado. “Abre uma rota nova para escoar a produção, pela hidrovia, através de Porto Murtinho”, completa o deputado.

O Estudo de Viabilidade Técnica Econômico-Ambiental abrange o trecho de 233 quilômetros da rodovia, de Rio Verde a Aquidauana, que ainda não tem pavimentação. De Aquidauana até Jardim a BR-419 já está asfaltada. A empresa contratada para executar o serviço, por licitação, foi a Consegv Planejamento e Obras Ltda ao custo de R$ 3.827.977,31. O prazo para concluir o projeto executivo é de 150 dias.

O deputado Felipe Orro explica que o governo federal passou a exigir o projeto executivo para grandes obras viárias, porque por ser mais detalhado se aproxima com exatidão do custo total da obra, evitando desta forma as alterações de valores por intermédio de aditivos. O governo federal deve aportar recursos para executar a pavimentação.

O deputado lembra que o governo do Estado já executa obra semelhante na BR-359, ligando Coxim a Costa Rica (passando pela cidade de Alcinópolis), com extensão de mais de 200 quilômetros, mesclando recursos próprios e da União. “A pavimentação da BR-419 completa os grandes eixos rodoviários e prepara Mato Grosso do Sul para o pleno desenvolvimento”, pontuou.

A BR-419 estende-se pelo limite entre o Baixo e o Alto Pantanal, região povoada por pecuaristas e que abriga vários empreendimentos turísticos ali estabelecidos a partir da década de 70, quando o leito da rodovia foi levantado, impedindo que ficasse alagada a cada cheia.

Comentários do Facebook