Da tribuna da Assembleia, Felipe Orro defende interesses dos taxistas

Publicado em: 12/04/2011 - 16:16

Um
dia após promover reunião para discutir o assunto, o deputado estadual
Felipe Orro (PDT) ocupou a tribuna da Assembleia, nesta terça-feira (12/4), para falar
da proibição de taxistas de fazerem viagens entre as cidades de Mato
Grosso do Sul.


Ele informou que representantes de 16 cidades participaram da reunião, que lotou o Plenarinho da Casa de Leis.

Orro considera errada a proibição. “Um taxista de Aquidauana não pode atravessar a ponte para Anastácio”, disse.

O
deputado pedetista quer convencer o governador André Puccinelli (PMDB) a
alterar o decreto 9.234/98, de autoria do ex-governador Wilson Barbosa
Martins, incluindo o táxi no rol de veículos autorizados a prestar
serviços de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros.


Hoje,
o taxista flagrado por fiscais da Agepan (Agência Estadual de Regulação
dos Serviços Públicos) fora do perímetro da cidade em que está
cadastrado, paga multa de 100 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de
Referência de Mato Grosso do Sul), ou seja, R$ 1.496,00.

Comentários do Facebook