Cheia no Pantanal preocupa e Felipe Orro quer atenção especial do governo

Publicado em: 17/03/2011 - 11:11

A
cheia na região pantaneira e peri-pantaneira preocupa, as estradas
estão intransitáveis, muitas pontes ruíram e as famílias, isoladas, não
conseguem escoar a produção, segundo afirmou o deputado estadual Felipe
Orro (PDT) em pronunciamento da tribuna da Assembleia Legislativa, na
manhã desta quarta-feira (16). Felipe Orro citou o caso de um
pecuarista, que lhe telefonou pedindo ajuda. Sua propriedade fica na
região da Curva do Leque, no Alto Pantanal. “Está com 600 rezes no
mangueiro e não consegue tirar o gado porque não tem estrada”.


Segundo
o parlamentar, as fazendas Boa Sorte, Baú e São Bento, na região do
Alto Pantanal, estão isoladas. “Os produtores são obrigados a vender o
gado na beira na estrada a qualquer preço.”


Felipe Orro fez um
apelo à Assembleia, para que forme uma comissão pluripartidária para
visitar os municípios afetados pelas cheias, verificar in loco os
problemas causados, buscar subsídios junto a técnicos de órgãos
públicos, universidades, empresas privadas para apontar as soluções
viáveis. “Em Aquidauana tem gente morando na igreja, no salão paroquial,
no ginásio, na casa dos amigos, embaixo de árvore. Muitos perderam
todos os seus pertences, perderam a casa, estão desabrigados. É urgente
socorrer essas famílias.”


O deputado sugeriu que os R$ 5 milhões
destinados pelo governo federal ao Mato Grosso do Sul sejam aplicados
exclusivamente para ajudar os desabrigados. E sugeriu que o governo do
Estado destine mais recursos, para comprar o mobiliário, ajudar na
reconstrução das casas e até uma ajuda financeira àquelas famílias mais
afetadas.


Em aparte, o deputado Cabo Almi (PT) solidarizou-se
com Felipe Orro e apoiou seu pedido de urgência no atendimento das
demandas causadas pela enchente. Cabo Almi disse que o governo tem que
agir com rapidez, mobilizar todos os recursos necessários para socorrer
as famílias afetadas pelas cheias, tanto nas cidades como na zona rural.

Comentários do Facebook