Caixa Econômica promete ampliar rede de atendimento em Miranda

Publicado em: 07/06/2011 - 16:16

Enquanto a agência não sai, a Caixa Econômica Federal vai ampliar a rede de atendimento à população de Miranda. O compromisso foi firmado na tarde desta terça-feira (7) pelo gerente regional da Caixa, João Batista Andrade Filho, durante audiência com o deputado estadual Felipe Orro (PDT), o prefeito de Miranda, Neder Vedovato (PSB), o presidente da Câmara, Celso Moraes (PDT) e outros quatro vereadores.

Miranda está sem sequer um posto de atendimento da Caixa. A agência fechou há anos, a casa lotérica que havia na cidade foi descredenciada, restando apenas um posto que funcionava em um supermercado, mas devido à demanda enorme que se formou, o empresário decidiu encerrar o atendimento na sexta-feira passada. A população é obrigada a viajar até Aquidauana, distante 80 quilômetros, para ter acesso a serviços como entrada e saque do Fundo de Garantia, saque do PIS e recebimento do Bolsa Família, que são exclusivos da Caixa.

O deputado Felipe Orro já havia feito apelo da tribuna da Assembleia, no dia 17 de maio, para que a Caixa abra uma agência em Miranda. Hoje (7), acompanhado das autoridades de Miranda e de Bodoquena, o deputado foi recebido em audiência pelo gerente regional e pelo superintendente de Canais da Caixa, Waldir Chagas Neto. Participaram os vereadores Juliana Almeida e Adilson Saraiva (PT), Kátia Roas (DEM) e a vereadora Rosângela Siqueira (PTB), presidente da Câmara de Bodoquena.

Felipe Orro fez um apelo pela urgência na resolução do problema, lembrando que milhares de famílias são inscritas no Bolsa Família naquela região, pessoas pobres que não podem se deslocar até Aquidauana para sacar o benefício. Com o fechamento da lotérica e posteriormente do posto de atendimento, a única alternativa é a agência da Caixa em Aquidauana, onde as filas, por consequência, são enormes.

Os presidentes das Câmaras de Miranda e Bodoquena entregaram documentos com cerca de três mil assinaturas de moradores das duas cidades, reivindicando a abertura de uma agência em Miranda e de mais lotéricas e correspondentes bancários.

Prioridade

João Batista disse que a Caixa pretende instalar 12 agências no interior do Estado ainda neste ano e início de 2012, e que Miranda pode ser contemplada já neste projeto. Vai depender dos estudos de viabilidade econômica. “O primeiro passo já foi dado, que é a manifestação da sociedade pedindo a agência. Agora vamos analisar os números”, disse o gerente regional.

Enquanto isso, e com urgência, a Caixa já autorizou a abertura de uma extensão da lotérica de Bodoquena para atender Miranda, com funcionamento previsto para o próximo dia 16. O gerente regional prometeu conversar com o proprietário do Supermercado Alegria para reabrir o correspondente bancário e autorizar mais um posto de atendimento, no outro extremo da cidade.

É intenção da Caixa aprovar a abertura de uma casa lotérica em Miranda dentro de 120 dias; o processo de licitação sai em breve, garantiu João Batista.

Felipe Orro saiu satisfeito da reunião porque sentiu a disposição da Caixa de dar uma resposta imediata ao problema causado pela ausência de atendimento em Miranda, mas pediu prioridade para a abertura de uma agência bancária, o que resolveria definitivamente a situação, favorecendo também os moradores de Bodoquena. 

Comentários do Facebook