Em palestra, Felipe destaca Educação como meio transformador da sociedade

Publicado em: 13/02/2017 - 10:10

Em palestra proferida na sexta-feira (10), durante o encerramento do I Fórum de Educação Integrativa e Interdisciplinar realizado no Centro de Convenções de Anastácio, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) destacou a Educação como o meio mais poderoso para transformar a sociedade e defendeu mais investimento para o setor. ” A educação é o melhor investimento que pode ser feito para transformar a sociedade. Qual é a melhor coisa que você deixa para seus filhos? é vê-lo formado, é um diploma. Sabe que aquilo é uma garantia, ele vai ter oportunidade. O dinheiro acaba, mas o diploma é eterno. “

Felipe falou para um público de educadores e profissionais da área da Educação, aceitando convite da secretária de Educação de Anastácio, Cimara Cabral. O deputado discorreu sobre os investimentos feitos tanto pelo Estado quanto pela União na Educação. Em 2016 o governo aplicou mais de R$ 100 milhões no setor, disse Felipe, sendo R$ 29 milhões na formação continuada dos professores, compra de mobiliários, reformas escolares, uniformes, materiais escolares e didáticos, ampliação, reforma e construção de escolas ; outros R$ 22 milhões em merenda;  R$ 9,5 milhões uniformes; R$ 25 milhões em kits escolares e R$ 7 milhões na compras de mobiliários. 

A obrigação, tanto do Estado quanto do município, é investir 25% das receitas correntes líquidas na Educação, enquanto a União destina 18% de seu orçamento, porém a maior parte desses recursos vão para custear o ensino superior. Recentemente o governo federal reajustou a verba destinada à merenda escolar, passando aos seguintes valores:

Ensino fundamental e Médio: de R$ 0,30 para R$0,36; Educação de Jovens e Adultos integral: de R$ 1 para R$ 1,07; Pré-escola parcial: de R$ 0,50 para R$ 0,53; Alunos em escolas indígenas e remanescentes de quilombos: de R$ 0,60 para R$ 0,64; Alunos matriculados em escolas de tempo integral, de no mínimo 7h: de R$ 1 para R$ 1,07; Creches: de R$ 1 para R$ 1,07; Atendimento Educacional Especializado: de R$ R$ 0,50 par R$ 0,53.

Os recursos restantes para completar a merenda precisam ser aportados pelo Estado e município. “Claro que não dá pra alimentar uma criança com centavos. Ainda mais a criança que vem da Zona Rural, muitas vezes sai de madrugada de casa, nem café toma. Precisa chegar na escola e fazer um lanche antes de começar a estudar, senão não aguenta”, disse.

O deputado lembrou sua experiência como prefeito de Aquidauana por dois mandatos, de 2000 a 2008, período em que, segundo ele, revolucionou o setor de Educação abrindo escolas, ampliando o número de alunos e melhorando significativamente os índices de qualidade do ensino. “Recebemos prêmios nacionais pelo investimento feito. Mas investimos muito, a merenda era farta, chegamos a servir cinco refeições por dia aos estudantes de escolas rurais. Isso tem que ser feito, o município e o Estado têm que olhar com carinho, reforço na merenda escolar é muito importante, como é importante o esporte, as quadras, todo esse investimento.”

O deputado também citou as emendas parlamentares destinadas por ele para a Educação, que já somam R$ 2 milhões, além de sua luta por melhorias na rede física estadual e na expansão da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). “Fico indignado todos os anos na época do Enem, por que falta tanta vaga nas universidades públicas pública? É uma luta para conseguir entrar. Os alunos estudam tanto e não conseguem. Não devia ser assim. Defendo a ampliação das vagas, dos cursos, dos campus da Universidade Estadual para levar oportunidade aos nossos jovens de estudar, conseguir uma profissão e mudar sua vida, mudar seu destino.”

O deputado agradeceu a oportunidade de participar do Fórum, que antecede o início do ano letivo no município. E prometeu empenho junto ao governo do Estado para solucionar problemas que foram levantados no evento. “Uma das questões debatidas foi a escola Cristo Rei, que tem só quatro salas de aula para educação infantil e não comporta a demanda. Vamos trabalhar para solucionar esse problema. Nós já colocamos mais de R$ 2 milhões em emendas para a educação em Mato Grosso do Sul.” 

O prefeito de Anastácio, Nildo Alves, também assistiu à palestra e ressaltou a importância do Fórum, não somente para o aprimoramento dos professores, mas também para o fortalecimento do processo de ensino aos estudantes. “Vamos trabalhar todos juntos pelo mesmo ideal: a qualidade da nossa educação. Vamos somar esforços, vamos nos empenhar e elevar o Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] do município”., disse.

Comentários do Facebook