Emenda de Felipe viabiliza 1ª Sala Lilás de atendimento à mulher em MS

Publicado em: 02/12/2016 - 15:15

Emenda parlamentar destinada pelo deputado estadual Felipe Orro (PSDB) vai viabilizar a instalação de uma Sala Lilás em Aquidauana. O espaço é destinado a acolher mulheres vítimas de violência e será equipado e mobiliado adequadamente para essa finalidade, com atendimento médico, policial, psicossocial, e em anexo funcionará uma sala do IML para exames de corpo de delito. 

O Projeto Sala Lilás já foi implantado em outros estados e apresenta um bom resultado na política de enfrentamento à violência e na melhoria do atendimento às mulheres vítimas de abusos diversos. Mato Grosso do Sul deve seguir o padrão implantado no Rio Grande do Sul, que foi idealizado e é coordenado pela perita criminal Andrea Brochier. 

Andrea esteve nesta sexta-feira (2) na Assembleia Legislativa, acompanhada da sub-secretária de Políticas Públicas para Mulheres de Mato Grosso do Sul, Luciana Azambuja Roca, para falar sobre o projeto e agradecer a emenda de Felipe Orro e também do deputado Rinaldo Modesto, que viabilizam as duas primeiras Salas Lilases de Mato Grosso do Sul, uma em Aquidauana (de Felipe) e a outra em Campo Grande, de Rinaldo.

“O deputado foi procurado pela secretária Luciana Azambuja Roca e de pronto se dispôs a ser parceiro da iniciativa. Neste ano destinamos recursos para instalar uma Sala Lilás, que será em Aquidauana, e ano que vem vamos a ideia é levar para outros municípios”, relatou o chefe de Gabinete do deputado Felipe Orro, Wildes Ferreira, que também participou da reunião com a perita Andrea Brochier.

A ideia é, segundo Luciana Azambuja, levar a Sala Lilás para todos os municípios que dispõem de Unidades Regionais de Perícia e Identificação. Para tanto ela pretende procurar outros deputados e também garantir do governo uma contra-partida nas emendas que forem destinadas pelos parlamentares. A Secretaria de Justiça e Segurança possui Unidades de Perícia e Identificação, além de Campo Grande, nos municípios de Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. 

Comentários do Facebook